domingo, 7 de fevereiro de 2010

A cobra e o Vagalume

A COBRA E O VAGALUME

Conta a lenda que uma vez uma cobra começou a perseguir um vagalume.
Este fugia rápido, com medo da feroz predadora e a cobra nem pensar em desistir.
Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada...
No terceiro dia, já sem forças o vaga-ume parou e disse a cobra:
— Posso lhe fazer três perguntas?
— Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou te devorar mesmo, pode perguntar...
— Pertenço a sua cadeia alimentar?
— Não.
— Eu te fiz algum mal?
— Não.
— Então, por que você quer acabar comigo?
— Porque não suporto ver você brilhar....


Dez entre dez especialistas garantem: "o profissional do futuro deve, sobretudo, saber trabalhar em equipe". Ter bom relacionamento com os colegas, saber ouvir, opinar e discutir ideias, são características de quem possui esse talento.
Infelizmente, a qualquer momento, uma cobra pode cruzar nosso caminho...
Esteja sempre alerta, pois o que não faltam são as cobras querendo nos atrapalhar!
Mas, não tenha medo! Não fuja!
Brilhe sempre, com muita intensidade!!
PARA QUE UMA EQUIPE FUNCIONE:
*Clique na figura para vê-la em tamanho ampliado.
O dia-a-dia do grupo que quer se tornar uma equipe deve ser orientado por quatro princípios básicos: união, disciplina, trabalho e profissionalismo. Sem isso, não há como obter sucesso.
Como, porém, vencer os pequenos obstáculos que se sobrepõem ao trabalho? O medo de ser passado para trás pelo colega, a disputa por dar a palavra final, a falha crônica de comunicação que gera intrigas e discussões...
As pessoas precisam aprender que o prazer está na caminhada e não na chegada e que um sorriso desarma qualquer um permitindo que você tenha amigos e não só colegas de trabalho.
Então, pensem: Quantas vezes alguém já tentou apagar seu brilho só por inveja? Pode ser que a coisa tenha acontecido de forma inversa. Nesse caso, você é que assumiu o lugar da cobra. A pessoa invejosa incomoda-se mais com sucesso alheio do que com seu próprio fracasso. Querer subir na vida não é pecado, desde que o outro não seja usado como escada.
O brilho do outro não deve atiçar nossa inveja, mas nos servir de estímulo. Que graça teria o céu, se nele brilhasse apenas uma estrela?

Pense nisso e selecione as pessoas em quem confiar.






Luciane Rosa de oliveira Dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário